Skip to content
Home » Nota oficial sobre o parinirvana de Sua Santidade Düdjom Rinpoche Sangyé Pema Shepa

Nota oficial sobre o parinirvana de Sua Santidade Düdjom Rinpoche Sangyé Pema Shepa


    Nota oficial sobre o parinirvana de Sua Santidade Düdjom Rinpoche Sangyé Pema Shepa:

    Atenção, todos os seres sublimes que disseminam e sustentam o precioso Budadharma, a sangha geral e, em particular, todos os alunos em monastérios e centros de Dharma dos Novos Tesouros de Düdjom:

    Como todos sabem, aquele cujo nome é difícil de pronunciar, exceto por uma boa razão, Sua Santidade Düdjom Rinpoche Sangyé Pema Shepa, nunca teve nenhum tipo de doença desde que era jovem até o presente momento. Na noite do dia 13 tibetano ele disse: “Amanhã eu quero descansar e relaxar. Por favor, todos vocês fiquem quietos e se cuidem.” Em seguida ele foi para o seu quarto. Naquele momento, não havia nada de incomum ocorrendo. No dia seguinte, 14º dia do 12º mês do ano do Boi de Metal tibetano, quando fomos chamá-lo para seu chá matinal e café da manhã, inacreditavelmente, ele havia passado para o parinirvana, para beneficiar outros seres.

    Do ponto de vista dos discípulos que se apegam à permanência, parece que a aparência externa de seu rüpakāya, seu precioso corpo-forma, dissolveu-se na grande expansão do primordialmente puro espaço interno. Naquele momento, seu semblante radiante não se perturbou, e ele repousa em meditação.

    Mais tarde, assim que sua meditação encerrar, seu precioso kāya será levado ao Mosteiro Zheyu (Templo Xie Wu) e lá, por quarenta e nove dias, Dorsem Lama Chödpa (Oferecimento ao Lama como Vajrasattva) será oferecido para aperfeiçoar plenamente suas intenções de sabedoria para que não haja obstáculos na travessia dos estágios e caminhos, e seu estado de realização de transcendência seja completamente aperfeiçoado sem nenhum obstáculo.

    Para que sejam realizadas todas as suas vastas intenções para os ensinamentos de Buda e seres sencientes, na Índia, Nepal, Butão, Sikkim, Tibete e países de todo o mundo, os mosteiros Düdjom Tersar e todos os alunos devem praticar guru yoga, os rituais do Lama Chödpa e assim por diante, e realizar o máximo possível de atividades virtuosas para cumprir suas intenções de sabedoria, além de fazer muitas preces e aspirações.

    Todos os que ficaram para trás em Düdjom Labrang fazem este sincero pedido.

    (Dudjom International Foundation)

     
    Para mais detalhes, confira a notícia: https://www.buddhistdoor.net/news/passing-of-his-holiness-dudjom-sangye-pema-shepa-rinpoche-announced/
    Tradução por Jeanne Pilli